07/01/09 – E a temporada de trabalho na EVS Índia está começando – The working season in EVS Índia is about to start

(versão em português)

Estava comentando com a Helen, a inglesa que veio comigo do Chile para trabalhar no mesmo projeto, que a gente realmente estava vivendo trully global. Começa pelo fato de eu ser brasileira e ser funcionária no Chile, até ai tudo bem. Agora fui transferida por um tempo para o escritório da Índia para fazer um projeto sobre Oriente Médio. E não acaba por aí, não vai pensando que todos os membros da equipe aqui da Índia são indianos..nana nanica não. Tem uma brasileira, uma inglesa, um chileno, alguns indianos, um cara da Jordânia, um Francês e por aí vai… Quem me conhece sabe que eu sempre gostei de conviver com estrangeiros, ser buddy de alunos estrangeiros na GV, fazer intercâmbio, sair por aí e viajar e conhecer pessoas de tudo o quanto é parte do mundo. E parece que agora cheguei no ápice dessa coisa internacional….é gente do meu lado falando árabe, hindu, inglês, espanhol e português também é claro. Já conheci um portuga aqui na empresa muito gente fina e dá pra matar as saudades de falar aquele português gostoso, pra desabafar e ser 100% Mariana sabe? Por que por mais que você seja fluente em outro idioma nunca é a mesma coisa.

É impressionante perceber o sistema de segurança do prédio onde trabalho. Eles te revistam dos pés a cabeça pra ver se você não é uma mulher bomba ou coisa parecida, checam os carros e ficam te olhando estranho falando umas coisas incompreensíveis em hindu. E essa questão de segurança cada fvez fica mais rígido a cada ataque terrorista que acontece na Índia. E quando você chega no escritório no primeiro andar também é a mesma coisa, uma puta nóia, você não pode levar máquina fotográfica, ipod, cd, pen drive então nem se fala. E no primeiro dia eu deixei umas coisas em cima da mesa tipo post it, caneta e eles confiscaram tudooo. Não pode deixar um NADA em cima da mesa porque é confiscado por causa daquele lance de Segurança da informação ou sei lá o que. Só sei que sinto falta do esquema tranquilo da EVS no Chile…era um carnaval minha mesa de tranalho, tinha monte de Xerox, canetas, pastas, bandeira do Brasil na parede com fotos no mural, presentinhos de viagem e por aí vai.

Outra coisa impressionante é a burocracia que rola por aqui. Como a estrutura aqui é muito maior que a do Chile, qualquer coisa que você precisa mandar instalar no computador, ou configurar o telefone, você tem que preencher um formulário online, pedir para o fulano aprovar que pede pra não sei quem aprovar, e isso leva horas ou dias e foi basicamente o que eu fiz nesses três dias de trabalho por aqui. Mas felizmente agora as coisas estão começando a entrar nos eixos.

O meu time daqui parece ser legal, mas aqui o clima de trabalho é bem mais sério…não tem aquele clima latino de trabalhar de sair pra tomar um cafezinho pra fazer  fofoca ou reclamar de algo ou alguém, bater um papo na mesa de outra pessoa e por aí vai. Nossa e eu que to tendo uma super dificuldade de lembrar os nomes da galera do trabalho…Eu to naquele esquema: “Oh, você ai, avisa que eu não vou almoçar agora!”ou eu acaba falando o nome da pessoa bem rapidinho “Swaroop, temos reunião em meia hora!”. Genteeee, tem cada nome que vocês não tem idéia, e eu sou péssima pra lembrar nomes, aqui então não sei como vai ser.

Outra coisa, fiquei impressionada com a comemoração xexelenta de aniversário que eles fazem aqui no escritório. Não tem todo aquele esquema do escritório no Chile com 2 bolos, cartão de aniversário, discurso do aniversariante, feliz aniversário cantado em inglês, espanhol e português é lógico, com direito ao clássico: “E pra Mariana nada, tudo! Então como é que é, é! É pique é pique é pique é pique é pique, é hora é hora é hora rá TIM bum!! Mariana Mariana Mariana!!! E a gente não canta isso só pros brasileiros não…o coro brasileiro no Chile faz tanto sucesso que existe uma enorme demanda pro canto a “la brasileira”, cantamos pra quase todo o pessoal da empresa, chega a ser engraçada a situação! Agora vou falar pra vocês como que é o aniversário daqui. Alguém coloca um bolo em cima da mesa da lanchonete e todo mundo sai correndo em direção a mesa já numa posição de ataque ao bolo, não dá nem tempo de cortar o bolo porque todo mundo corta os pedaços com a mão mesmo, acho que nem o aniversariante acabou chegando a tempo de experimentar o bolo do seu próprio aniversário. Vou estar aqui no meu aniversário e espero que até lá eu consiga mudar essa cultura de aniversário viu!

Por hoje é só… Namaste

(English version – google translator)It starts with the fact I am Brazilian but an employee in Chile, up there all right. Now for a time was transferred to the office in India to work on a project about the market in the Middle East. And it is not just that. Dont think that all the members of the team here in India are Indians .. no no and no. There is a Brazilian, an English, a Chilean, some Indians, a guy from in Jordan, from France and so on … Anyone who knows me also knows that I always liked to live with foreigners, be buddy of students in GV, make exchanges, and travel out there and meet people from all over the world. And it seems now I am on the topnof this international experience…. on my side in the office there are people speaking Arabic, Hindi, English, Spanish and Portuguese, of course. I already met a guy from Portugal who works in the company company here so I have the chance to speak portuguese once in a while.

I was saying to Helen, the English that came with me from EVS Chile to work on the same project, that we were really living trully global.

It is impressive to notice the security system of the building where I work. They check you from feet to head to see if you are not a woman bomb or something, check the cars and keep saying weird stuff in Hindi. And the question of security is more rigid due to the terrorist attack that happens in India once in a while. And when you arrive at the office on the first floor is the same thing, you can not have a camera, ipod, cd, pen drive and so on. And on the first day I left some things on the table, and they confiscated everything. You can not leave anything on the table because of inforamtion security issues. I only know that I miss my working station in EVSChile … my desk was a real carnival , I had lots of Xerox, pens, folders, the Brazilian flag, pictures on the wall, and so on.

Another impressive thing is the bureaucracy that goes on here. And the structure here is much greater than that of Chile, anything you need to have installed on your computer, or set your phone, you must fill out a form online, ask for the guy who asked you that the request needs approval from several people, and that takes hours or days and was basically what I did in those three days of work here. But fortunately now things are starting to settle.

The team here seems to be cool, but here the working environment is much more serious … it is not that Latin american style, where you go out of you take a cup of coffee to gossip or complain about something or someone, to chat at someone’s desk on and so on.

I am having a hard time to remember the names of the guys I work with … so i just say: “Hey, you there, tell Helen I am not gonna have lunch now!” Or I just speak the name of the person very quickly “Swaroop, we have a meeting in half an hour.” I’m terrible to remember names, here I do not know how it will be.

I was surpriesed with the simple birthday celebration they do here in the office. In EVS Chile we have 2 cakes, birthday card, the embarassing birthday speech , happy birthday song in English, Spanish and Portuguese. Now I will tell you how they celebrate. Someone put a cake on the table of the cafeteria and everyone comes out running toward the table in order to attack the cake, there’s no time to cut the cake because everyone cut the pieces with the hands. I think that not even the birthday guy had the chance to get a slice of his own birthday cake. Well, I will be here for my birthday and I hope that until then I can change this birthday culture!

Enough for today … Namaste

 

3 comentários sobre “07/01/09 – E a temporada de trabalho na EVS Índia está começando – The working season in EVS Índia is about to start

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s